Voltar

Baga-Bairrada: afirmação de identidade

27 junho, 2016 12:40 | Revista de Vinhos

A generalidade dos apreciadores nacionais identifica a Bairrada como região produtora de espumantes. Lá fora, porém, quase ninguém ouviu falar dos espumantes da Bairrada (nem dos de Portugal, já agora). Uma dificuldade que a região procura ultrapassar com o projecto Baga-Bairrada.


A Bairrada produz espumante há precisamente 125 anos. Todo este tempo, porém, não foi suficiente para a região criar uma identidade em torno do vinho espumante. Salvaguardando as diferenças de dimensão e notoriedade internacional, falta a Portugal e à Bairrada uma “marca” como, por exemplo, Champagne e Cremant de Loire, em França, Cava em Espanha ou Franciacorta, Asti e Prosecco em Itália. Traduzido em miúdos, quem pede um Champagne, Cava ou Asti sabe o tipo de espumante que vai ter no copo (independentemente das variações qualitativas). Quem pede um espumante português, seja de que região for, mergulha no imprevisto. Em muitos casos, só fica a saber se é branco ou rosé depois de abrir a garrafa.


Essa heterogeneidade não é necessariamente negativa. Por vezes, a ausência de um standard obriga os melhores produtores a reforçar a sua própria identidade, criando um estilo de vinho personalizado, como forma de sobressair. Mas para uma região no seu todo, possuir uma identidade colectiva ajuda a vender.


Quem, inquestionavelmente, levou a “marca” Baga ao mundo foi Luís Pato, através dos seus vinhos tintos. Um trabalho de mais de três décadas que foi continuado e desenvolvido em anos recentes pelo grupo Baga Friends, e que agora o organismo regulador (CV Bairrada) e diversos produtores procuram potenciar para o espumante da região. É um mercado de nicho, como é evidente, mas o vinho da Bairrada é todo ele, pelas características da região e quantidade produzida, um vinho de nicho. E a verdade é que, junto dos consumidores de nicho, um pouco por todo o mundo, Baga já é mais sonante do que Bairrada. Faz pois todo o sentido aproveitar esta “boa onda” para o espumante.


Os espumantes brancos feitos da uva tinta Baga não são novidade, já existem desde há mais de uma década e muitas casas produtoras da região têm um. Então, em que é que o novo Baga-Bairrada é diferente? Basicamente, na criação de um standard colectivo, com especificações técnicas, nascidas de um trabalho em que participaram diversos enólogos e produtores da região, associado a um “branding” comum (logotipo Baga-Bairrada) que todos ostentam nos seus rótulos. Os cinco ou seis espumantes, de diferentes produtores, colocados até agora no mercado, cumprem todos estes requisitos. São produtos obviamente distintos mas têm em comum um padrão de qualidade elevado, um perfil relativamente homogéneo e um preço respeitável (7 a 9 euros) para a média da região. Para já, são quase todos vinhos jovens, mas daqui a algum tempo chegarão certamente espumantes mais ambiciosos e com mais tempo de cave.


O Baga-Bairrada é um produto complementar à vasta oferta de vinhos espumantes da região, oriundos das mais diversas castas. Não pretende ser melhor ou pior do que outras propostas, mas “apenas” estabelecer um standard, criar uma identidade e uma categoria. E se este projecto ajudar a vender mais espumantes bairradinos, em Portugal ou no estrangeiro, terá cumprido por inteiro o seu objectivo. 


(Editorial publicado na Revista de Vinhos nº 310, Setembro de 2015)

Escrever novo comentário
0 Comentário(s)
Explore
© 2017 Revista de Vinhos
Todos os direitos reservados. Política de Privacidade
Media Capital Edições e Prisa Revistas

Ao navegar neste site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informaçõesAceitar

Os cookies são importantes para o correto funcionamento de um site. Para melhorar a sua experiência, o site Revista de Vinhos utiliza cookies para lembrar detalhes de início de sessão, recolher estatísticas para optimizar a funcionalidade do site e apresentar conteúdo de acordo com os seus interesses. Caso clique em Aceitar ou se continuar a utilizar este site sem alterar as suas configurações de cookies, está a consentir com a utilização dos mesmos durante a sua navegação no nosso site.

Fechar