Voltar

Campolargo 2011 é o melhor branco no International Wine Challenge

17 Julho, 2014 11:31 | António Falcão. Foto de Ricardo Palma Veiga.
Na foto, Carlos Campolargo e o seu vinho branco de 2011.

Acabaram de ser anunciados os Champion Trophy no International Wine Challenge, um dos maiores concursos de vinhos do mundo. Os Champion premeiam os melhores dos melhores no concurso e só foram anunciados agora, mais de um mês depois dos restantes resultados, porque resultaram de novas provas, que enfrentaram os vencedores de troféus, digamos, ‘menores’: troféus nacionais, regionais e de castas nacionais e internacionais.
O branco Campolargo 2011, do produtor bairradino Manuel dos Santos Campolargo, ganhou o prémio “IWC Champion White Wine 2014”. Por outras palavras, foi considerado o melhor branco do concurso, em termos absolutos. Este vinho já tinha ganho primeiro uma medalha de ouro, e depois um “Bairrada Trophy” e um “Portuguese White Trophy”, que anunciámos há algum tempo nas páginas deste site.
O Campolargo 2011 é feito com base na casta Cerceal, uma casta difícil de trabalhar e por isso pouco conhecida, mas que, pelos vistos, foi altamente apreciada pelos jurados do concurso. A edição de 2010 já tinha sido muito elogiada pela Revista de Vinhos, com pontuações entre os 16,5 e os 17 valores.
O vinho foi vinificado pela dupla Raquel Carvalho e Carlos Campolargo. Este último foi receber o troféu a Londres, numa cerimónia prevista para o efeito. Na ficha técnica diz que este Cerceal foi feito com “prensagem das uvas inteiras, seguida de decantação e fermentação em barricas usadas, sem controlo da temperatura. Estágio com batonnage até Abril”.
O vinho custará cerca de 18 euros no mercado nacional mas como a quantidade é bastante pequena (poucos milhares de garrafas), as vendas já pararam.
Este foi o único Champion Trophy ganho por um vinho português nesta edição do concurso e, salvo erro, terá sido mesmo o único Champion Trophy até hoje para um vinho português não generoso no International Wine Challenge, um concurso que entrou este ano na sua 31ª edição. O Campolargo 2011 foi um dos mais de 400 vinhos brancos medalhados na segunda tranche deste concurso, que decorreu em finais de Abril. O total de vinhos brancos em prova não foi divulgado mas deverá certamente superar o milhar de amostras. O prémio é por isso de alta valia e mais uma prova da formidável evolução dos vinhos brancos portugueses nos últimos anos. Ao mesmo tempo indicia a valia de algumas castas portuguesas que são praticamente desconhecidas dos enófilos, mas que agora, com algum histórico na vinha e adega, mostram enormes potencialidades.

Escrever novo comentário
0 Comentário(s)
Explore
© 2016 Revista de Vinhos
Todos os direitos reservados. Política de Privacidade
Media Capital Edições e Prisa Revistas

Ao navegar neste site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informaçõesAceitar

Os cookies são importantes para o correto funcionamento de um site. Para melhorar a sua experiência, o site Revista de Vinhos utiliza cookies para lembrar detalhes de início de sessão, recolher estatísticas para optimizar a funcionalidade do site e apresentar conteúdo de acordo com os seus interesses. Caso clique em Aceitar ou se continuar a utilizar este site sem alterar as suas configurações de cookies, está a consentir com a utilização dos mesmos durante a sua navegação no nosso site.

Fechar