Alvarinhos de Monção e Melgaço para todo o ano

Fotografia: Fotos D.R.
Partilhar
Marc Barros

Marc Barros

Porque os Vinhos Verdes de Monção e Melgaço, tais como os da restante região, prestam-se ao consumo e com a gastronomia de todo o ano, a segunda edição do evento Monção & Melgaço à Prova no Porto reuniu seis chefes de referência nacional: António Carvalho, Álvaro Costa, Cláudio Policarpo, Hélio Loureiro, Marco Gomes e Renato Cunha, para apresentarem propostas gastronómicas inspiradas nos sabores de Outono harmonizadas com os Vinhos Verdes de Monção e Melgaço.
 

Um roteiro pela Casa do Vinho Verde com diferentes momentos de degustação convidou a provar 24 vinhos e a descobrir o território que dá origem a uma das mais celebradas castas portuguesas. Doze produtores da sub-região que é berço do Alvarinho - Adega de Monção, Anselmo Mendes, Cortinha Velha, João Portugal Ramos, PROVAM, Quinta das Pereirinhas, Quinta do Regueiro, Quintas de Melgaço, Soalheiro, Solar de Serrade e Valados de Melgaço – elegem as melhores referências vínicas para conjugar com gastronomia de exceção.

O evento, destinado a profissionais do sector, integrou-se no Plano de Promoção da CVRVV para a sub-região de Monção e Melgaço, que prevê um conjunto de ações de certificação da autenticidade, origem e qualidade dos vinhos de Monção e Melgaço e alavancagem autónoma daquele território dentro da Região dos Vinhos Verdes. Ao abrigo do “Acordo Alvarinho”, a promoção conta com três milhões de euros distribuídos durante seis anos.

Partilhar
Voltar