Camarate: Branco Doce e Branco Seco 2017 chegam ao mercado

Fotografia: Fotos D.R.
Partilhar
Redação

Redação

As colheitas de 2017 dos vinhos Quinta de Camarate Branco Seco e Quinta de Camarate Branco Doce, produzidos pela José Maria da Fonseca na Quinta com o mesmo nome, acabam de chegar ao mercado. 

 

Localizada na Península de Setúbal, em Azeitão, esta quinta pertencente à família Soares Franco desde 1914 tem uma área de 120ha, 39ha dos quais de vinha. A restante parte é utilizada para pasto das ovelhas que estão na origem ao famoso queijo de Azeitão, animal representado nos rótulos desta gama. Nesta propriedade está também plantada a colecção ampelográfica da José Maria da Fonseca, actualmente com mais de 560 diferentes castas de todo o mundo.

O Quinta de Camarate Branco Seco produzido desde 1986, era inicialmente resultado das castas Moscatel de Setúbal, Riesling e Gewurztraminer. Na década de 90, estas castas estrangeiras foram substituídas por duas oriundas da Região dos Vinhos Verdes, Loureiro e Alvarinho. Em 2007, o Loureiro foi substituído pelo Verdelho, com o objectivo de dar mais complexidade ao vinho. A casta Moscatel foi diminuindo gradualmente para dar espaço aromático às outras duas castas, vindo a sair do lote a partir da colheita de 2009. Actualmente o vinho resulta de um lote de Alvarinho e Verdelho.

O Quinta de Camarate Branco Doce é um blend de Alvarinho e Loureiro. Este vinho é ideal para ser servido como aperitivo ou, como acompanhamento de cozinha asiática ou sobremesas, como doces de ovos.
 

Partilhar
Voltar