Al Gore no Porto para debater alterações climáticas

Fotografia: Fotos D.R.
Partilhar
Redação

Redação

O Prémio Nobel e ex-vice-Presidente dos EUA, Al Gore, será o orador principal da Climate Change Leadership Porto - Solutions for the Wine Industry, que terá lugar entre 5 e 7 de Março de 2019.

 

Trata-se de uma conferência focada nos desafios que as alterações climáticas representam para a indústria mundial do vinho. Este evento pretende dar continuidade à conferência realizada em Julho, na qual o orador principal foi o ex-Presidente Barack Obama.
Como produto agrícola de excelência, “o vinho ostenta o maior número de marcas ativas a nível mundial”, com “a característica de comunicar diretamente com o consumidor”. A indústria do vinho tem ainda a particularidade de “estar intimamente relacionada com regiões e paisagens rurais”, as quais se contam já entre as mais vulneráveis à incerteza climática e a fenómenos extremos, com perdas significativas de produção.

Segundo Adrian Bridge, CEO da Taylor's, empresa produtora de Vinho do Porto e o principal organizador do evento, esta iniciativa pretende ir além do vinho. “Há assuntos centrais do ponto de vista técnico específicos do setor, mas também existem soluções que foram impulsionadas por outros setores e que podem ser adotados pela nossa indústria”. 
A presença de Al Gore, tal como a de Barack Obama, tem por objetivo “despertar o interesse de mais pessoas para além do setor do vinho” e “partilhar o debate”. E, “como não teremos as mesmas restrições que tivemos com o presidente Obama, vamos encher o Coliseu do Porto envolvendo mais a comunidade, incluindo as escolas e as universidades”, referiu.

Liderar pelo exemplo

Para além de Al Gore, estará presente no Climate Change Leadership Porto - Solutions for the Wine Industry o indiano Avroh Shaz. Este advogado, através do seu exemplo, mobilizou 1500 voluntários que retiraram quatro mil toneladas de plásticos, vidros e lixo da praia Versova, em Bombaím, tendo ganho o prémio Campões da Terra na categoria Ação e Inspiração, atribuído pelo Programa das Nações Unidas para o Ambiente (PNUA). O exemplo é, para Adrian Bridge, notório: “Avroh Shaz quer demonstrar que uma pessoa, com uma iniciativa, pode fazer a diferença. É também esse o nosso objetivo. Quem sabe se essa, ou essas pessoas, que vão alterar o mundo daqui a cinco anos, não estarão no Coliseu do Porto no dia 8 de março?”.

Ainda segundo Adrian Bridge, “não precisamos reinventar a roda. Se partilharmos os nossos sucessos e experiências, todos vamos beneficiar”. O Porto Protocol tem esse objetivo, ou seja, como descreve o CEO da Taylor’s, “ser a pedrinha no topo da montanha que forma uma bola de neve cada vez maior”, aglomerado cada vez mais pessoas, comunidades e empresas, num propósito comum. 
Para o presidente da Associação Comercial do Porto, Nuno Botelho, “a participação de uma personalidade da dimensão global de Al Gore na sua segunda edição confirma a Climate Change Leadership como evento de referência no campo das alterações climáticas. Estou há largos anos profissionalmente ligado a esta indústria e tenho uma forte expectativa quanto ao que a Climate Change Leadership representará para a economia do vinho”.

De 5 e 7 de Março de 2019, no Centro de Conferências da Alfândega, no Porto, e no Coliseu Porto Ageas, marcarão presença vários oradores de renome internacional para partilhar as suas pesquisas e experiências práticas e dar a conhecer as suas práticas para mitigar os efeitos das alterações climáticas. Os oradores confirmados são Miguel Torres; Cristina Mariani May, CEO da nova-iorquina Banfi Vintners; Roger Boulton, da UC-Davis; António Amorim; o climatologista Gregory Jones; o cientista suíço José Vouillamoz, especialista na pesquisa da origem das castas através do ADN; Cindy de Vries, da Fetzer Vineyards; Álvaro Gonzalez da Concha y Toro; Heinrich Schloms, da África do Sul; Jaime Gramona, de Espanha, Joël Rochard de França e; Jamie Goode e Linda Johnson-Bell da Grã-Bretanha, Gerard Bertrand, Stephen Rannekleiv, entre muitos outros. 

Partilhar
Voltar