Verdes e Veronesi: vinhos do Norte de Portugal e de Itália

 
Partilhar
Redação

Redação

Possuem vários pontos de contacto, mas é bem provável que pouco realmente saibamos ainda sobre eles. Pois bem, para conhecer melhor os Vinhos Verdes e os Vini Veronesi, há um conjunto de ações formativas e provas que vão percorrer o país nos próximos meses.

Os Vinhos Verdes e os Vini Veronesi (consórcio italiano que reúne as DOC Arcole, Bardolino, Custoza, Garda, Lessini Durello, Lugana e Soave) estão a promover-se em conjunto. As ações resultam do protocolo firmado entre a região dos Vinhos Verdes e a região de Verona, através do acordo entre a Comissão de Viticultura da Região dos Vinhos Verdes (CVRVV) e o Consorzio Associazione Vini Veronesi (AVIVE), no âmbito do programa comunitário “Quality, Authenticity and Heritage of Protected Designation of Origin”, que conta com um investimento de 3,4 milhões de euros a três anos para promoção conjunta nos mercados da Dinamarca, França, Alemanha e Portugal.

Manuel Pinheiro, presidente da CVRVV, lembrou em março, na altura da apresentação pública, que este protocolo permitirá à região penetrar em países onde não possui tradicionalmente forte presença, beneficiando da forte imagem externa dos vinhos italianos; em simultâneo, dará o mesmo ímpeto aos Vini Veronesi. Financiado em 80% pela União Europeia, o programa dirige-se aos consumidores da geração Millennials, mas permitirá também chegar a 2.400 profissionais do setor dos diversos mercados.

Já no próximo dia 21 de setembro, sábado, das 16h às 18h, na garrafeira Wines By Heart (Rua Rosa Araújo, 35), em Lisboa, inicia-se o primeiro de um conjunto de workshops que pretendem explicar semelhantes e características muito próprias dos vinhos do Norte de Portugal e Norte de Itália.  A ação será conduzida pelo sommelier, crítico de vinhos e wine educator, Manuel Moreira. A entrada é livre mas devido ao número limitado de lugares a inscrição é obrigatória, podendo ser realizada através deste link: https://bit.ly/2m3IbVo

Ações semelhantes estão já agendadas para outras cidades: Beja (28 de setembro), Faro (5 de outubro), Évora (12 de outubro), Setúbal (19 de outubro), Portimão (26 de outubro), Santarém (2 de novembro), Lisboa (Encontro com Vinhos, 9-11 de novembro), Leiria (16 de novembro), Coimbr (23 de novembro) e Funchal (Essência do Vinho – Madeira, 28-30 de novembro). A produção destas ações é realizada pela Essência do Vinho, com o apoio da Revista de Vinhos.

Partilhar
Voltar