Vinhos de Lisboa entregaram prémios

Fotografia: Fotos D.R.
Partilhar
Redação

Redação

Os Paços do Concelho da Câmara Municipal de Lisboa foram o palco da entrega dos prémios do Concurso de Vinhos de Lisboa de 2019. As medalhas de excelência foram atribuídas aos vinhos Página Escolha Alvarinho 2018; colheita tardia Quinta do Convento da Nossa Senhora da Visitação Semillon 2015 e; o tinto Zavial Syrah Reserva 2015. O concurso é promovido pela CVR de Lisboa, em parceria com a Confraria dos Enófilos da Estremadura, a autarquia lisboeta e a ViniPortugal.

No decurso da entrega de prémios deste 23º concurso, o presidente da CVR de Lisboa, Francisco Toscano Rico, fez referência a alguns números da região, desde logo o facto de Lisboa fechar 2019 com 60 milhões de garrafas consumidas, num crescimento de 20% das vendas. As exportações representam já 80% do negócio da região, presente em mais de 70 países.

Salientou ainda que este ano ficou marcado pela chegada de grandes empresas, como a Sogrape, bem como o surgimento de pequenos produtores com marcas bem conseguidas, numa "revolução silenciosa" que, na última década, assistiu à reestruturação de 50% da sua área de vinha. E não esqueceu que 80% dos viticultores estão associados em cooperativas. Para finalizar, deixou a meta ambiciosa de chegar a 2050 como a região mais competitiva do país.

No concurso foram admitidas 176 amostras e atribuídos 11 prémios medalha de prata e 38 medalhas de ouro.

Partilhar
Voltar