Casa Havaneza é monumento de interesse público

Fotografia: Fotos D.R.
Partilhar
Redação

Redação

A antiga Casa Havaneza, fundada no Chiado, em Lisboa, com mais de 150 anos, foi classificada como monumento de interesse público, em que se inclui o património móvel integrado. Esta classificação surge publicada numa portaria do Diário da República, de Dezembro do ano passado, em que se destaca a singularidade da loja.

Na publicação pode ler que se trata de "uma referência importante na história do país, plasmada na literatura coeva por escritores como Eça de Queirós ou Ramalho Ortigão, assim como o local onde foi instalado o primeiro telefone/telégrafo público da cidade…”.

A classificação da Casa Havaneza do Chiado reflete ainda os critérios relativos ao “caráter matricial do bem, ao génio do respetivo criador, o interesse do bem como testemunho notável de vivências ou factos históricos, o valor estético, técnico ou material intrínseco do bem, a conceção histórica e urbanística”.

Partilhar
Voltar