Crédito Agrícola distingue 71 vinhos nacionais

Fotografia: Fotos D.R.
Partilhar
Redação

Redação

Já foram revelados, em cerimónia realizada no SUD Lisboa, em Lisboa, os vencedores do 5.º Concurso de Vinhos do Crédito Agrícola, uma iniciativa dinamizada em parceria com a Associação dos Escanções de Portugal.

 

Dos 240 vinhos brancos, tintos e espumantes colocados à prova por 143 produtores nacionais das várias regiões vitivinícolas do país, o júri distinguiu, durante as provas cegas realizadas a 20 de Outubro no Mercado de Vinhos do Campo Pequeno, 71 vinhos com a Tambuladeira dos Escanções de Portugal, 40 com medalhas de ouro e 31 com medalhas de prata. 

A cerimónia de entrega dos prémios que contou com a presença de Francisco Toscano Rico, Presidente do Instituto da Vinha e do Vinho, entidade que certifica o Concurso, do Presidente da Direcção da Comissão Vitivinícola da Região de Lisboa, Bernardo Gouvêa e da Directora Regional da Agricultura e Pescas de Lisboa e Vale do Tejo, Elizete Jardim, foi conduzida por Sílvia Alberto e reuniu duas centenas de convidados entre produtores, representantes de cooperativas, enólogos, escanções e responsáveis do Crédito Agrícola de todo o país.

Nesta 5.ª edição foram distinguidos vinhos oriundos das regiões vitivinícolas dos Vinhos Verdes (6 medalhas), Douro (8 medalhas), Trás-os-Montes (1 medalha), Dão (6 medalhas), Bairrada (4 medalhas), Tejo (7 medalhas), Lisboa (9 medalhas), Península de Setúbal (7 medalhas), Alentejo (20 medalhas) e Algarve (3 medalhas).

Com este concurso, que coloca à prova a qualidade dos vinhos nacionais, o Crédito Agrícola pretende apoiar o sector vitivinícola e o desenvolvimento das economias locais.

Partilhar
Voltar