Livro “Códice de Sabores Português” 

Fotografia: Fotos D.R.
Partilhar
Redação

Redação

Escrito por Fátima Iken, colaboradora da Revista de Vinhos, a obra da Prime Books enaltece o trabalho de Maria Emília Cancella de Abreu, uma das mentoras da cozinha portuguesa e pioneira da revista “Banquete”.


O livro apresenta uma recolha de receituário português e respetiva inventariação, destacando ainda o papel decisivo de Maria Emília Cancella de Abreu na construção do nosso património culinário.

Quando a revista “Banquete” é publicada, toda a tradição gastronómica portuguesa estava a desvanecer. No final dos anos 60, o papel interventivo da revista “Banquete” – a primeira publicação da imprensa culinária do século XX – foi também político e um manifesto de defesa que veio abalar as consciências nos tempos do Estado Novo.

Num país dividido entre a política corporativa do regime, a fuga dos campos para as cidades, numa manta dualista tradicional mas já com rasgões de modernidade, a revista “Banquete” assiste ao nascimento de uma nova classe social –a classe média – na época deslumbrada pelas modas e pelo snobismo, menorizando a cozinha portuguesa.

Este livro condensa o desenho do nosso primeiro eclético códice de sabores mas é ainda uma homenagem a uma figura de proa nevrálgica na edificação da gastronomia nacional iniquamente esquecida, bem como um retrato político, social e económico do Portugal nessa época, altura de grandes mudanças no turismo, hotelaria e restauração, curiosamente um fenómeno tão similar aos dias de hoje. 

A apresentação pública da obra decorre dia 21 de outubro, pelas 18h30, no Museu Medeiros e Almeida, em Lisboa.

Partilhar
Voltar