Beber

Terroir. Sabe o que significa?

Na linguagem vínica facilmente nos deparamos com o termo terroir.  O conceito é francês e indica o conjunto de fatores que influenciam o desempenho da vinha e a qualidade da uva, que por sua vez levam a diferentes personalidades do vinho. Quais são, então, os elementos integrantes do conceito de terroir?

Beber

Vinho sem álcool: a grande tendência do futuro?

Não se tratando de algo inteiramente novo, a verdade é que os dados apontam para o crescimento das vendas de vinhos sem álcool, ou desalcoolizados. Um estudo recente da consultora Fact. MR aponta para um valor de mercado de 9.260 milhões de euros em 2027 e uma taxa anual de crescimento de 7%. As crescentes preocupações de saúde e o peso social imposto aos produtos com álcool poderão dinamizar este mercado.

Beber

Covela, o romantismo de uma quinta sobre o Douro

A vontade de fazer vinho aconteceu naturalmente entre Marcelo Lima e Anthony Smith. Terão equacionado vários países possíveis para o investimento. América do Sul, França, norte de Itália, Alemanha, Áustria… mas ganhou Portugal. Porque, segundo os produtores, reúne tudo o que procuravam em termos de investimento: beleza natural, autenticidade do país e qualidade dos vinhos. Visitaram muitas propriedades em várias regiões mas, quando conheceram a Covela, sentiram que tinham encontrado o que procuravam.

Beber

O carvalho e o vinho: das florestas ao copo

A esmagadora maioria dos grandes tintos e uma boa parte dos melhores brancos do mundo amadurece por algum tempo em recipientes de carvalho. Mas qual é o sentido dessa ligação histórica da madeira com o vinho? De onde vêm as melhores árvores e qual o futuro destas florestas? Estivemos em França a convite do grupo Charlois para testemunhar, das bolotas em germinação aos copos cheios, os laços inquebrantáveis entre o carvalho e o vinho.

Beber

Porto Vintage 2016

Foi uma benesse para quem esperou – paciente mas arriscadamente – pela chuva que caiu no dia 13 de setembro de 2016. Nos dias antecedentes desse setembro de há dois anos, a maturação das uvas começara a abrandar devido a um período de estio quente e seco. Mas a partir daí voltaram as condições ideais que, nas últimas semanas, estão a levar a generalidade das grandes casas de Vinho do Porto à declaração do Porto Vintage 2016, como é o caso dos “pesos pesados” da Symington, Fladgate Partnership, Quinta do Noval, Sogevinus ou Sogrape.

Beber

Quinta da Pellada - O homem e o lugar

Entender os vinhos de Álvaro de Castro é do mais fácil que existe. Basta levá-los à boca e tudo fica cristalino. Eles vibram, pulsam. São cheios, múltiplos e ao mesmo tempo leves e frescos. São grandes vinhos. Mas para explicá-los, é preciso levar em consideração dois fatores primordiais: o homem e o lugar.

Beber

José Maria da Fonseca: Herança que se reinventa

Existe um certo ar de clã quando os vemos todos juntos. Quase intimida. Mas não assusta. Pelo contrário, queremos saber mais sobre uma família em cujas veias se mistura sangue e vinho, ou não estivéssemos perante as sexta e sétima gerações que prosseguem um trabalho ininterrupto desde 1834.

Beber

O Douro Superior a perder de vista

Fica em terras da Meda, entre a histórica cidade beirã e as termas de Longroiva, esta Quinta Vale d’Aldeia que se espraia num horizonte a perder de vista graças aos seus 200 hectares de área total. Tudo começou em 2004, com a aquisição dos primeiros terrenos, para se consolidar em 2009, com a construção de uma moderníssima e funcional adega. Um projeto vitivinícola do Douro Superior capaz de vinificar um milhão de litros por ano.