Imagem

18 pts

Cortes de Cima Homenagem a Hans Christian Andersen Syrah 2015

Regional Alentejano / Tinto / Cortes de Cima

30,50€ — 16ºC

Rubi. Apesar do caráter internacional, prevalece a frescura geral, fusão de componentes, fruta muito sofisticada, toque mentolado, suco de carne, barrica muito bem fundida, registo personalizado. Fresco apesar da idade. Que bela boca, encorpado e macio mas ágil, estruturado mas fundido.

Imagem

17,5 pts

Quinta dos Avidagos Premium 2017

Douro / Tinto / Quinta dos Avidagos

21,00€ — 16ºC

Rubi vivo. Aromas de frutos silvestres maduros, porém frescos, notas arbustivas e mentoladas, floral delicado, conjunto de grande elegância e finesse. Seco, boa estrutura e profundidade de boca, bons especiados, tanino robusto. Final longo, de grande vocação gastronómica.

Imagem

17,5 pts

Pequeno João 2019

Alentejo / Tinto / Herdade da Malhadinha Nova

35,00€ — 16ºC

Rubi vivo. Fruta vermelha muito aromática e fresca, com nuances florais e citrinos. Conjunto bem fresco e elegante, apesar da jovialidade. Seco, tanino presente, boa acidez e frescura até ao final prolongado e gastronómico. Um vinho para guardar.

Imagem

17,5 pts

Olho de Mocho Reserva 2018

Alentejo / Tinto / Rocim

22,40€ — 16ºC

Equilíbrio é o que define este vinho. Laivo de amora, cassis muito marcado e fresco, especiaria doce como a baunilha, tanino e corpo muito elevados, assim como a acidez. Um vinho que pede comida.

Imagem

17,5 pts

Dona Georgina 2014

Dão / Tinto / Quinta de Lemos

35,80€ — 16ºC

Rubi ainda bem vivo. Complexo e rico, com a fruta vermelha madura revestida de notas de sub-coberto, cogumelo e resina, tostados subtis. Na boca é amplo, macio e suave, texturado e elegante, taninos de imensa qualidade. O final é longo, de grande requinte, a exibir todo o potencial do tempo.

Imagem

17,5 pts

Chão dos Eremitas Tinta Carvalha Vinhas Velhas 2019

Alentejo / Tinto / Fitapreta Vinhos

35,00€ — 16ºC

Rubi aberto. Aromas frescos e jovens de cereja, groselha, amora, boa mineralidade, conjunto de grande elegância. Seco na boca, boa acidez a amparar o conjunto, leve e guloso mas sério, de final fresco e vivo.

Imagem

17,5 pts

Campolargo Pinot Noir 2015

Bairrada / Tinto / Manuel D. Campolargo

30,00€ — 16ºC

Rubi claro. Tentador nas expressões de cereja, framboesa, resina de pinheiro e balsâmicos. Tanino firme e muito elegante, sempre fresco, acidez que se mastiga, final que se desvenda por camadas. Um Pinot de primeira liga, com margem de progressão.

Imagem

18 pts

Trufa 2017

Douro / Tinto / Quinta do Olival Velho

45,00€ — 16ºC

O nariz impressiona pela delicadeza da violeta, da framboesa, das ervas aromáticas, secundadas pelas omnipresentes recordações mentoladas que o tornam fresco, elegante e muito equilibrado. Amplo na boca, generoso na acidez, viril nos taninos bem emoldurados, é um belo vinho!

Imagem

18 pts

Oboé Som de Barrica 2017

Douro / Tinto / CVD - Companhia dos Vinhos do Douro

68,00€ — 16ºC

Púrpura intenso. Nariz portentoso, balsâmico, floral e muito especiado, quase selvagem, boca gulosa, com taninos finos, frescura admirável e muita estrutura. Final de boa persistência.

Imagem

18,5 pts

Crochet 2017

Douro / Tinto / Sandra Tavares & Susana Esteban

34,00€ — 16ºC

O que nos faz gostar deste vinho é a austeridade geral, a força contida, a bondade da fruta, a distinção do nariz, o fulgor da mineralidade. O que torna o vinho especial é a sensação de leveza, harmonia e suavidade que escondem o vigor, potência e robustez do temperamento. É um belo vinho do Douro.

Imagem

18,5 pts

Casa Ferreirinha Touriga-Fêmea 2016

Douro / Tinto / Casa Ferreirinha

62,50€ — 16ºC

Casta que resulta do cruzamento da Touriga Nacional e da Malvasia Fina. Intenso e expressivo, com aroma a bagas, esteva e flores selvagens. Enorme elegância em boca, com taninos de filigrana, acidez franca e vibrante. O que mais surpreende neste vinho é o equilíbrio perfeito existente, a harmonia.

Imagem

17,5 pts

Massorra 2018

Vinho Verde / Branco / Quinta da Massorra

24,00€ — 11ºC

Amarelo. Notas citrinas a dominar o conjunto fresco, fruto cristalizado e pedra molhada, ligeiro toque da madeira que, na boca, é mais evidente, pela gordura e volume que imprime. Acidez alta, final frutado, muito rico e prolongado. Será interessante acompanhar a sua evolução. MB