Beber

Profile: Louis-Benjamim Dagueneau

Louis-Benjamin Dagueneau, que lidera os destinos do celebérrimo Domaine St. Andelain, Pouilly-Fumé, no Vale do Loire, é mais do que filho e sucessor de Didier Dagueneau, sinónimo de Sauvignon Blanc. Com diploma em viticultura e depois de dois anos de trabalho com François Chidaine, em Montlouis, e Olivier Jullien, no Languedoc, Louis-Benjamin tomou em mãos, com pouco mais de 20 anos. Leia o Profile completo.

Beber

Profile: Jô Mendes

O amor ao vinho é o que liga Jô Mendes a Portugal, França e Brasil. Beirão de gema, de nome José Mendes, fixou-se em Lisboa, mas foi em Paris e, por muitos anos, o Brasil, que esteve radicado.

Beber

Diogo Campilho

De alma ribatejana, Diogo Campilho nasceu e viveu toda a vida na emblemática Quinta da Lagoalva de Cima, junto ao Tejo, em Alpiarça, adquirida pela avó, onde a produção de vinhos de qualidade é acompanhada de azeites (oriundos de árvores com mais de 200 anos…), cortiça, cavalo lusitano, touro, bovinos e ovinos, cereais, entre outros.

Beber

Quinta do Regueiro - A simplicidade premiada

Chega a ser desarmante a simplicidade de Paulo Cerdeira Rodrigues, o rosto da Quinta do Regueiro. Autêntico papa-prémios nos últimos anos, tem visto os vinhos que elabora reconhecidos em diferentes dimensões, dentro e fora do país.

Beber

Estrelas de Portugal: Carine Patrício

Melhor Sommelier em Portugal (2020), embaixatriz dos Vinhos de Portugal na Alemanha e representante de Portugal nos Best Sommelier da Europa e África 2021.

Beber

Vítor Matos e o vinho

Vitor Matos, o chefe habituado a estrelas Michelin que descobriu no vinho o sal e a pimenta da vida, acredita que haverá de ter uma vinha, a partir da qual conseguirá reforçar os laços à terra, numa espécie de reencontro emocional e físico com a sua identidade. Por ora, apresenta os Natura by Vítor Matos, edições de colecionador com amigos como António Maçanita, António Sampaio, Dirk Niepoort, Luis Leocádio, Márcio Lopes, Quinta do Arcossó, Quinta do Javali ou Quinta de Ventozelo.

Beber

Rui Roboredo Madeira, uma história com duas décadas

O périplo da Revista de Vinhos pelo universo de Rui Roboredo Madeira começou na zona raiana, nas terras altas da Beira Interior – mais concretamente em Vermiosa, concelho de Figueira de Castelo Rodrigo –, onde o solo granítico se confunde com filões de quartzo em vinhedos localizados a 750 metros de altitude.

Beber

Dirk e a chegada de um novo tempo

Há um novo tempo na Niepoort. Mantém-se a inquietude e a liberdade de pensamento, sublinha-se a ousadia de fazer diferente, reforça-se a necessidade de continuar a trilhar caminho próprio. Este novo tempo é de afetos, de início de efetivas cumplicidades com a sexta geração, de abraços sinceros aos amigos de sempre, de olhar Portugal ao microscópio.

Beber

Paulo Coutinho: grandes vinhos a caminho

Ainda mais reconhecido como o enólogo da Quinta do Portal, o “vigneron” do Douro mostra que os vinhos a “solo” são muito especiais e vieram para ficar entre os grandes pequenos projetos biológicos da região.

Beber

Estrelas de Portugal: Edgar dos Santos

É uma história de perseverança. Edgar dos Santos, português a viver em Amesterdão há 20 anos, representa fielmente os bons produtos portugueses, através da sua Casa Bocage, bem no centro da capital holandesa.

Beber

Profile: Alexandra Corvo

A sommelier e wine educator Alexandra Corvo é uma mulher de armas. Ganhou o gosto pelo vinho através da avó paterna, a portuguesa Maria da Encarnação Corvo, que guardava uma garrafa de Vinho do Porto e partilhava um pequeno copo com a neta.

Beber

Vinha do Convento, a saudável obsessão pelo terroir

Mais do que as regiões ou as zonas dentro das regiões, hoje fala-se de vinhas. O trabalho apurado, aparentemente insano de tão focado, reflete uma atenção detalhista como não há memória no passado recente. A verdade é que há vinhas verdadeiramente especiais, detentoras de uma identidade que não consegue ser replicada noutro qualquer lugar. No Tejo, a Vinha do Convento, da Falua, é um bom exemplo.