José João Santos

Contra o louco da guerra, os vinhos ucranianos!

Quero acreditar que a história dos vinhos ucranianos não se fará somente de vestígios de prensas e de ânforas de tempos idos, mas de vinhos autênticos, que expressem o pensamento livre. O vinho também pode ser uma arma e trazermos um vinho ucraniano para a nossa mesa pode até não passar de um tiro no porta-aviões de Putin, mas certamente será mais um grito de revolta pelos dias de cólera que a todos nós está a fazer viver.

Duarte Calvão

A importância do jantar quando viajamos

Mesmo para os mais desinteressados pelos assuntos do estômago, o “balanço do dia” vai contribuir fortemente para a avaliação dos destinos que escolhemos para as nossas viagens turísticas.

Sarah Ahmed

A Wine Detective investiga Trás-os-Montes

Estarei louca por preposições? Depois de ter destacado, na edição de fevereiro, o que se ‘esconde por baixo’, irei explorar este mês o que se esconde por trás. Mais concretamente, por trás das montanhas, depois de passar três dias ‘velozes e furiosos’ em Trás-os-Montes.

José João Santos

Os “naked wines” e os vinhos simples

A evolução e o cuidado refletem-se nos novos lançamentos, muitos dos quais inspirados nas décadas 50, 60 e 70 do século passado… tal como as “naked” de 125, 400, 600cc ou mais de cilindrada. Vários podem não impressionar através de pontuações elevadíssimas pela crítica, mas a generalidade dá imenso gozo e uma larga franja conseguirá evoluir muito bem.

Jamie Goode

Como guardar vinhos abertos

Existem muitas opções disponíveis para guardar vinhos abertos e algumas delas são mais eficazes do que outras. Aqui está o meu resumo, baseado na experiência e apoiado num pouco de ciência.

José Peñin

O jornalismo de vinhos antes de Parker

Há um mundo do jornalismo e crítica especializada em vinhos antes e após o advento da era Parker, de cuja escola continuamos a beneficiar.

Manuel Pinheiro

Manuel Pinheiro reflete sobre a vindima de 2022

Manuel Pinheiro, chairman da Global Wines e ex-presidente da Comissão de Viticultura da Região dos Vinhos Verdes, reflete neste artigo de opinião partilhado na Revista de Vinhos acerca dos desafios da vindima que já começou no país e no que aí vem para o segundo semestre.

Jamie Goode

Questões sobre ‘brett’

Depois de aprender a reconhecer a Brettanomyces, é um daqueles defeitos do vinho surpreendentemente comum. Existirá um ponto aceitável de ‘brett’?

Sarah Ahmed

Código da Estrada para amantes de vinho

Barossa Valley está para a Austrália como Rioja está para Espanha. Ambas estão entre as marcas regionais genéricas mais reconhecidas do mundo. Mais perto de casa, o Douro também aspira a criar reconhecimento mundial para os seus vinhos tranquilos.

Carlos Maribona

Memória do Foie Gras

O politicamente correto está a entrar, paulatinamente, no mundo da gastronomia. Nova Iorque publicou uma lei que proíbe o foi gras. Estaremos condenados a guardar a sua memória, em vez de desfrutá-lo?

José João Santos

Enólogo de uma casa, de uma vida.  Em vias de extinção?

No desfiar constante de conversas com enólogos, noto que a questão da liberdade criativa é o primeiro argumento dado para justificar o facto de apenas serem consultores ou de se tornarem enólogos/produtores. A ambição de ter o próprio vinho é compreensível e legítima, mas neste caminho da enologia parece-me que por vezes existe o medo do compromisso.

Jamie Goode

A reinvenção de Espanha

Espanha atravessa uma fase dinâmica e emocionante e é nas regiões menos conhecidas que muito deste progresso está a ser feito.