Gold Grail: o mais recente gin nacional

Fotografia: Fotos D.R.
Partilhar
Redação

Redação

O gin Gold Grail é nacional e é produzido através de uma receita que combina o doce da montanha com o salgado do mar; é artesanal, produzido e engarrafado por terras lusas; é triplamente destilado. É uma receita que alia o equilíbrio ao luxo, com simplicidade.


 
Portugal é agora também terra de gin, uma tradição que nasce na região de Aveiro, traduzida numa mistura de sabores que se opõem: o doce e extremamente aromático da flor de carqueja; o salgado da Salicórnia, uma espécie de espargo do mar, muito presente nas salinas de Portugal, com os seus toques aromáticos herbáceos. De um lado a montanha; do outro o mar, geografias que se equilibram numa bebida agora lançada.
 
O resultado é um gin com 42% de álcool que ‘rouba’ aos alquimistas que em tempos procuravam transformar ferro em ouro, em busca da pedra filosofal, a magia da transmutação.
 
O equilíbrio é notado, entre os botânicos pilares, a carqueja e a salicórnia, que se juntam ao zimbro, o botânico principal, cuja secura é quebrada pelo cítrico dos coentros. Da receita faz também parte o cardamomo, limão e lemongrass, que lhe confere um toque adocicado, amenizado pela amêndoa e sementes de góji. Não esquecer o cravinho da Índia, a noz moscada e a pimenta rosa, que em conjunto com a haba tonka, com o seu sabor a baunilha e canela, lhe dão um fim de boca prolongado.
 
Robusto, fresco, herbal, é uma sugestão entre a robustez da montanha e a frescura do mar.

Partilhar
Voltar