Passagem de ano: sugestões para receber 2018 

Fotografia: Fotos D.R.
Partilhar

O final de ano é sinónimo de alegria, festa e descontração. E qual a melhor forma de entrar em 2018 do que à mesa? A Revista de Vinhos preparou para si algumas sugestões de programas para celebrar o Ano Novo com boa comida e, claro, excelentes vinhos!

 

Cozinha da Clara: receber 2018 no Douro

Na Quinta de la Rosa, a entrada no novo ano é duplamente especial: em 2018, a propriedade duriense celebra 30 anos e assinala a ocasião com uma festa inspirada nos anos 80 (afinal, foi em 1988 que a quinta se iniciou na arte de bem receber).

“Calças justas, cores vibrantes, cabelos volumosos e maquilhagem arrojada” fazem parte do dress code do programa que pode ser composto por estadia e jantar no Cozinha da Clara, o restaurante da propriedade, ou – apenas - pelo jantar.

Da ementa farão parte aperitivo, entradas, prato de peixe, prato de carne e sobremesa. Todas as sugestões serão, como não poderia deixar de ser, acompanhadas por vinhos Quinta de la Rosa.

 

Henrique Sá Pessoa: passagem de ano com Alma

Do Douro para Lisboa, viajamos até ao galardoado Alma e às sugestões do chefe Henrique Sá Pessoa. Com um menu exclusivo, preparado especialmente para a ocasião, esta promete ser uma experiência memorável.

Ravioli de polpa de sapateira com sabayon de marisco e Presa de porco ibérico, chutney de banana, pickle de cebola e maracujá, jus de melaço são apenas dois dos oito momentos que compõem a ementa do Alma para a noite de passagem de ano. 

A acompanhar, uma seleção de vinhos selecionados pelo sommelier Gonçalo Patraquim.

 

Alentejo: final de ano recheado de coisas boas

Inclui jantar, música jazz, animação e muitos outros momentos especiais. Na sugestão de passagem de ano do São Lourenço do Barrocal, Monsaraz, a estadia é obrigatória mas o programa vai muito além do habitual. 

Entre passeios pela herdade, visitas à adega, caça ao tesouro ou cante alentejano, são muitos os motivos para aceitar o convite do hotel e abraçar 2018 de forma tranquila e divertida.

Na ementa do jantar, haverá lugar para garoupa corada com migas de poejos, vitela do Barrocal assada no forno com cogumelos ou sopa de faisão com castanhas, harmonizados com vinhos da propriedade e não só.

 

À beira mar: Casa de Chá da Boa Nova

De volta ao norte, mais precisamente a Leça da Palmeira, sugestão ainda para o jantar de passagem de ano da Casa de Chá da Boa Nova. E não faltam motivos para aceitar o convite do restaurante: construído sobre rochedos, “de mãos dadas com o mar”, tem no espaço singular apenas o princípio de uma experiência memorável.

Na ementa preparada para a ocasião, como no quotidiano, peixes e marisco têm um lugar especial. Não admira, por isso, que entre os pratos do menu de fim de ano se contem propostas como lagostim ao estilo tailandês, tártaro de cavala ou peixe-galo, cevadinha francesa e molho de baunilha. Incluída está igualmente a harmonização com vinhos.

 

Ana Santos Silva | Revista de Vinhos

Partilhar
Voltar