Carlos Simões é o segundo master sommelier português

Fotografia: Arquivo
Partilhar
Luís Alves

Luís Alves

Sommelier português, responsável de vinhos do restaurante Vue de Monde, na Austrália, conseguiu superar uma das mais difíceis provas. Tornou-se, este fim-de-semana, master sommelier, juntando-se a João Pires.

 

O mês de agosto traz uma notícia aguardada há muito. Carlos Simões, jovem sommelier português, viajou até à Áustria para enfrentar as exigentes provas do Court of Master Sommeliers Europe. E o resultado não poderia ser melhor. Simões tornou-se o segundo Master Sommelier português, depois de João Pires.

O jovem português, a viver na Austrália, deu recentemente uma entrevista à Revista de Vinhos, numa altura em que ainda se estava a preparar para as provas. "Já estou aprovado na prova cega e na prática. Resta-me a teoria. Já fiz duas tentativas e reprovei em ambas. Tenho novo exame marcado para dia 16 de agosto", contava Simões, numa entrevista publicada na edição em banca da Revista de Vinhos.

O sommelier português é responsável no Vue de Monde, em Melbourne, por uma carta de vinhos com 14 mil garrafas e 2 mil referências diferentes, num total de quase um milhão de euros.

Simões consegue, com este feito, juntar-se ao seu mestre João Pires, com quem já trabalhou em Londres. Na entrevista à Revista de Vinhos, Simões afirmou que o até agora único sommelier português "foi muito duro mas que essa dureza permitiu chegar onde estou".

Carlos Simões integra um grupo de cinco novos master sommelier: Helga Schroeder (a primeira mulher alemã master sommelier), Pierre Brunelli, Svetoslav Manolev (o primeiro da Bulgária) and Toru Takamatsu (o primeiro do Japão).

Partilhar
Voltar