Esporão adquire Ameal e garante continuidade

 
Partilhar
Redação

Redação

O Esporão anunciou formalmente a aquisição da Quinta do Ameal, em Ponte de Lima. O tema não passou ao lado do segundo debate promovido pela Revista de Vinhos, que por estes dias será partilhado na íntegra online e que tem por convidados o CEO do Esporão, João Roquette, e António Guedes, co-administrador da Aveleda.

“A ideia é tentar dar o nosso contributo para um trabalho que já começou nos Vinhos Verdes, o de provar que é uma região com uma capacidade espetacular para produzir vinhos de qualidade mundial”, refere João Roquette, que garante ainda “a continuidade deste projeto no modelo em que existe” prometendo “mais recursos para que consiga chegar a mais sítios e se desenvolver”.

Os valores do negócio não foram revelados mas João Roquette confessa tratar-se do culminar de seis anos de conversas e aproximações. Pedro Araújo, o produtor da Quinta do Ameal, continuará ligado ao projeto.

O Esporão passa a estar em três regiões: Alentejo (Herdade do Esporão), Quinta dos Murças (Douro) e Quinta do Ameal (Vinhos Verdes). De recordar que recentemente também adquiriu a Sovina (Porto), pioneira em Portugal na elaboração de cerveja artesanal.

Partilhar
Voltar