×
image

Lombo de bacalhau Riberalves sem espinhas

Fotografia: Fotos D.R.
Redação

Redação

O Bacalhau de Cura Portuguesa continua a reinventar-se e serve-se também sem espinhas. Em plena celebração da quadra natalícia e no momento em que também festeja o seu 35.º aniversário, a Riberalves lança no mercado português a sua mais recente referência Pronto a Cozinhar: os Lombos de Bacalhau sem Espinhas. Um produto que valoriza todo o sabor e a qualidade do produto, mas que representa, igualmente, toda uma nova conveniência.


Submetido à emblemática Cura Portuguesa, por um período de 9 meses, e desenvolvido a partir de Bacalhau Salgado Verde, esta nova referência resulta de todo um processo tradicional em que, na etapa final, cada corte de bacalhau é manualmente limpo de qualquer espinha. O resultado é um lombo premium, que proporciona uma nova experiência de consumo, garantindo o sabor, a textura e as tradicionais lascas, atributos tão valorizados pelos portugueses, os maiores e mais exigentes consumidores mundiais de bacalhau.

“Este bacalhau sem espinhas é uma referência premium que vem acrescentar ainda mais conveniência à nossa gama de Bacalhau Pronto a Cozinhar, mas é, igualmente, um produto mais apetecível para quem possa estar menos confortável com as espinhas do bacalhau, nomeadamente os consumidores mais jovens”, destaca Ricardo Alves, administrador da Riberalves. “Assim cumprimos a nossa visão: valorizamos a história e a tradição do melhor bacalhau, propondo referências inovadoras que vão ao encontro das novas necessidades das famílias”, termina.

Praticamente 20 anos depois do lançamento, pioneiro, do primeiro bacalhau de Cura Portuguesa já demolhado (o designado Bacalhau Pronto a Cozinhar, que viria tornar a Riberalves a marca de referência de bacalhau), a empresa sediada em Torres Vedras continua a aposta na reinvenção do consumo do bacalhau, contribuindo para o momento histórico que se verifica no mercado, de transição do consumo, do Bacalhau Salgado Seco para o Bacalhau Pronto a Cozinhar. Esta nova categoria de produtos já representa mais de 60% das vendas da empresa.